quarta-feira, 27 de julho de 2016

Gatos e a espiritualidade.


Sabemos que os gatos tiveram grande importância no antigo Egito, ter um deles em casa era símbolo de proteção e sorte. Um grande exemplo é a deusa Bast, uma deusa representada com cabeça de gato. As mulheres os viam como símbolo de beleza e pintavam os olhos imitando o contorno do olhar dos bichanos. Era dedicada tamanha veneração aos gatos, que quando um deles falecia era costume raspar as sobrancelhas em sinal de luto, além de que eram executado os mesmos ritos fúnebres que eram feitos aos seres humanos, sendo embalsamados e sepultados.
No budismo também temos histórias sobre gatos, sendo dito que eles representam a espiritualidade, que transmitem calma e hamonia. Na Tailândia existe uma lenda sagrada que transcendeu o tempo para converter os gatos em seres únicos de paz e íntima união, havendo vários em muitos templos dos países asiáticos. É por isso que é tão comum ver tantos gatos dormindo e enrolados nos braços das múltiplas estátuas sagradas de Buda e outros temas que enfeitam os jardins dos santuários. Para a ordem budista de Fo Guang Shan, gatos são como pessoas que já alcançaram a iluminação.
Temos também o Maneki Neko, o gato da sorte japonês, um talismã em forma de gato usado para atrair sorte, proteção, prosperidade, felicidade e saúde. Maneki Neko significa literalmente “gato acenando” e se caracteriza por um gato sentado com uma das patas levantada, que seria para atrair sorte e o gato que serviu de inspiração para este amuleto foi o Bobtail Japonês, uma raça rara e muito antiga, além de ser a única raça considerada nativa do Japão.
Na mitologia celta temos o Cat Sidhe, uma criatura representada por um gato preto com uma mancha branca no peito, sendo dito pertencer ao mundo das fadas.
É dito que o gato é um animal sensitivo e pode ver o "outro mundo", e aquele que conhece o caráter de um gato sente uma conexão íntima e profunda, tendo também poderes curativos, pois eles neutralizam as energias negativas. O local onde um gato gosta de dormir, geralmente é onde existe alguma energia parada, sendo assim o gato uma espécie de filtro, pois enquanto dormem transformam a energia ou a colocam em movimento.
O ronronar do gato muitas vezes mostra que ele está sintonizando seu campo energético com o da pessoa, ou neutralizando seu próprio campo, portanto é muito benéfico estar perto de gatos.
O gato representa o que está oculto, por isso quem não se relaciona bem com o próprio inconsciente costuma não se dar bem com gatos. Ele também simboliza a liberdade, ensinando o amor sem o apego.
De fato é um animal misterioso e que possui percepções e sentidos aguçados.

Referências:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...